Fará no próximo mês de maio sete anos que esta direcção constituída, atualmente, por cerca de 25 elementos reativou as actividades do IFCC. Durante estes anos tentámos trazer alguma animação social, cultural e desportiva aos associados e amigos do Indústria, através de diversas atividades que hoje pensamos serem do agrado de todos. Conseguimos ainda realizar mais valias no Campo dos Fiéis e adquirir material indispensável à realização de todas as nossas atividades.

Tudo isto foi possível devido apenas à generosidade dos nossos associados que participaram ativamente nas atividades e ainda contribuíram com os pagamento das quotas ao longo de todos estes anos. A todos eles o nosso obrigado.

É neste sentido que nos dirigimos a todos vós. Pensamos ser o momento de dar destaque aos sócios que contribuem, de facto, para o sucesso e o bem estar do nosso Indústria. A partir deste ano iniciaremos uma atualização constante da lista de associados, de acordo com as seguintes condições:

  • serão considerados sócios ativos no ano corrente, aqueles que tenham, pelo menos, pago a quota relativa a dois anos atrás. (Por exemplo, sócios ativos de 2017, deverão ter a quota de 2015 devidamente regularizada);
  • serão considerados sócios inativos no ano corrente, aqueles que tenham apenas pago a quota relativa a três anos atrás. (por exemplo, sócios inativos de 2017, serão aqueles que apenas pagaram a quota até 2014);
  • serão excluídos de associados todos os restantes.

Excepcionalmente no ano de 2017, permitiremos a todos os associados com quotas em atraso nos anos de 2010 até 2013, reconciliarem-se com o IFCC e passarem a ser sócios ativos, pagando até ao final de janeiro de 2017, apenas as quotas dos anos 2015, 2016 e 2017. Este pagamento deverá ser efetuado através do site do IFCC, http://www.ifcc.pt

No mês de janeiro de cada ano será publicada no site do Indústria a lista atualizada de sócios.

Relembramos ainda que já é possível fazer o pagamento das quotas a partir de referências multibanco ou através da aplicação MBWay do seu telemóvel. Para aqueles que não pretendam este meio de pagamento, divulgaremos brevemente as datas e os locais nos Cebolais em que estaremos a receber o pagamento das quotas.

Só com a ajuda de todos poderemos continuar a dignificar o nome do Indústria. Muito Obrigado.